Apresentação
   Missão e Visão
   Estatuto
   Estrutura Organizacional
   Conselho Consultivo
   Agências Reguladoras
   Exportação
   Informação Tecnológica
   Metrologia Cientifica
   Qualidade
   Orgãos Governamentais
     
 
 
     
 



A conformidade das mangueiras termoplásticas para produtos petroquímicos

O que é o ensaio de qualificação? Como deve ser a seção de um corpo de mangueira termoplástica? Quais devem ser os diâmetros internos e os raios mínimos de curvatura das mangueiras? Quais são os ensaios mínimos a serem realizados em cada etapa? Esses questionamentos estão sendo mostrados na NBR 15690-1 de 02/2021 - Mangueiras para transferência de líquidos - Parte 1: Termoplástica composta para petróleo e derivados - Requisitos.


 



A desativação dos sistemas de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC)

O que é uma área de trabalho? O que são os resíduos classe 1? Como deve ser feita a desativação permanente dos tanques? Como deve ser executada a destinação final dos materiais? Essas dúvidas estão sendo esclarecidas na NBR 14973 de 02/2021 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Desativação, remoção, destinação e preparação de tanques subterrâneos e dos outros componentes do sistema de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC).


 



A determinação do coeficiente de permeabilidade de solos

Qual deve ser o diâmetro interno do permeâmetro? Qual deve ser o esquema de montagem para a saturação do corpo de prova? Como proceder em relação à compacidade relativa próxima de 100%? Qual é a relação de viscosidades da água? Essas questões estão sendo apresentadas na NBR 13292 de 02/2021 - Solo - Determinação do coeficiente de permeabilidade de solos granulares à carga constante.


 



BS 8666: os procedimentos para trabalhar a armadura de aço para concreto

Essa norma, editada pelo BSI em 2020, fornece ao setor de construção os requisitos para a programação, dimensionamento, corte e dobra do aço usado para reforçar o concreto. Ela foi revisada para ficar de acordo com o Eurocódigo 2 (EN 1992).


 



O transporte terrestre adequado de resíduos perigosos

Qual é a classificação dos resíduos pelas instruções complementares ao Regulamento para o Transporte Terrestre de produtos Perigosos? Qual deve ser a precedência de risco? Como devem ser alocados os resíduos médicos ou clínicos (resíduos de serviços de saúde)? Qual é o fluxograma de resíduos médicos ou clínicos (resíduos de serviços de saúde)? Essas perguntas estão sendo respondidas na NBR 13221 de 02/2021 - Transporte terrestre de produtos perigosos - Resíduos.